O Brasil ocupa a 10ª posição dentre os países que mais utilizam aplicativos mobile. Aplicativos mobile são softwares desenvolvidos para smartphones e tablets e que funcionam em sistemas operacionais como iOS e Android. Alguns sistemas possuem app exclusivos, que não funcionam em outros sistemas.

Os aplicativos podem servir como uma forma de unir empresas e clientes. Eles podem servir para fazer pedidos de delivery, compras online, tirar dúvidas sobre produtos e serviços. A possibilidade de acompanhar cada momento da compra é um atrativo para os clientes.

app móvelOs aplicativos mobile podem ter como objetivo oferecer informação sobre lojas, promover comunicação com redes sociais, prestar serviços ou ser fonte de entretenimento.

O iOS é o sistema operacional criado pela Apple e presente nos modelos de iPhone e o iPad. Por sua vez, o Android é o sistema desenvolvido pelo Google e utilizado em smartphones de marcas como Samsung e Motorola.

O iOS oferece armazenamento em nuvem, realiza diversas tarefas ao mesmo tempo, é fácil de usar e oferece grande segurança aos usuários. Além disso, muitos aplicativos são chegam primeiro à App Store, loja de apps do iOS.

O sistema Android permite uma personalização que não existe no iOS. Além disso, o sistema do Google facilita a transferência de arquivos. Os dois sistemas acabam empatados em muitos aspectos, como design, câmera, tela e teclado. A escolha do usuário deve ser feita de acordo com suas preferências, visto que ambos possuem qualidade.

Vantagens dos aplicativos mobile

  • Facilidade – Os apps facilitam a vida do usuário e estreitam a ligação com empresas. Muitas pessoas preferem fazer compras diretamente pelo celular, sem a necessidade de ligações e e-mails.
  • Portabilidade – Com os aplicativos, os clientes podem fazer compras utilizando apenas o celular.
  • Redes de dados – Os aplicativos utilizam um menor tráfego de dados, ou seja, são de fácil acesso mesmo quando a conexão com a internet é mais fraca.
  • Offline – Muitos aplicativos armazenam dados e funcionam de forma offline, por isso podem ser operados mesmo sem internet.
  • Baixo custo – As empresas que investem em apps tem um custo inicial para o desenvolvimento, e logo este valor cai apenas para a manutenção do serviço. Para os clientes, os aplicativos podem ter um custo baixo ou até mesmo serem gratuitos.

Dicas

  • Conteúdo de qualidade e relevante – Os app ocupam espaço na memória do celular e utilizam os dados de internet, por isso, as pessoas só continuam utilizando aqueles aplicativos que se mostram úteis em suas rotinas.
  • Atualize –  Melhore o app ao longo do tempo, sempre observando as preferências do consumidor.
  • Aparência – As imagens devem ter qualidade e mostrar bem os produtos. Os ícones devem ser claros e objetivos, para evitar dúvidas. As cores devem seguir a identidade visual da marca.
  • Divulgue – Utilize as outras plataformas da empresa para divulgar o app. Vale site, blog e redes sociais.
  • Premium – Uma boa opção para atrair mais público é lançar o app com duas versões: uma básica e gratuita e outra completa e paga.